Translate

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Prefeito de Ubatuba cobra ações concretas da Petrobras durante seminário em Caraguatatuba


O prefeito de Ubatuba, Eduardo Cesar, aproveitou a oportunidade de sua participação no Seminário de Sustentabilidade e Pré-Sal, realizado nesta terça-feira, 12, no Centro Universitário Módulo, em Caraguá, para cobrar ações concretas por parte da Petrobras, no sentido de oferecer compensações pela exploração de petróleo e gás na região.
O prefeito de Ubatuba participou do debate realizado após a palestra do gerente geral da Petrobras – Unidade Bacia de Santos, José Luiz Marcusso, sobre “Desenvolvimento sustentável na exploração do pré-sal”. “A importância da Petrobras para a nossa região é inegável, bem como a falta de condições de uma cidade como Ubatuba para arcar sozinha com as consequências de todo este investimento. Devemos pensar de forma regional e saber o que a Petrobras pode nos oferecer, em ações concretas, para que realmente sejamos compensados pelos impactos que inevitavelmente sofreremos”, disse Eduardo Cesar.
O prefeito de Ubatuba citou três exemplos de problemas enfrentados em Ubatuba e que, segundo ele, poderiam receber ajuda da Petrobras, já que “Ubatuba não terá uma injeção tão forte de royalties como as demais cidades”.

Sustentabilidade em Ubatuba

De acordo com Eduardo Cesar, que deixou clara a vocação essencialmente turística de seu município, o georreferenciamento, a questão do lixo e do selo de município verde poderiam ser alvos de investimentos da Petrobras para compensar Ubatuba pelas atividades da empresa na região. O gerente geral da Petrobras mostrou-se aberto a futuras discussões e pediu o encaminhamento de projetos para serem analisados.
Além disso, Eduardo Cesar lembrou que Ubatuba está particularmente envolvida na questão do desenvolvimento sustentável. “Esta nossa nova gestão está muito consciente da importância de se trabalhar sustentavelmente. Estamos elaborando o Plano Ubatuba Sustentável e temos trabalhado uma série de ações neste sentido”, disse o prefeito, lembrando de alguns projetos desenvolvidos com este enfoque, como é o caso do congelamento de áreas irregulares, a implantação de ciclofaixas e ciclovias, a coleta seletiva, entre outros.

Carta do Litoral Norte

Logo no início de sua explanação, o prefeito de Ubatuba mostrou a necessidade da elaboração de uma Carta do Litoral Norte, ao invés da Carta de Caraguatatuba, como havia sido previamente estabelecido pela organização do evento e foi amplamente aplaudido. “Não se pode e não se deve falar de forma isolada. Cada cidade tem suas particularidades, porém somos uma região unida, extremamente rica em belezas naturais e que deve lutar por melhorias fortalecida nesta união”.
A sugestão de uma Carta regional logo foi acatada pelos demais presentes à mesa. O prefeito de São Sebastião, Ernane Primazzi e o presidente da Câmara de Caraguatatuba, Omar Kazon foram os primeiros a demonstrar apoio à ideia apresentada por Eduardo Cesar.
A mesa de debate que o prefeito de Ubatuba compôs contou também com presenças de autoridades como o deputado federal Talmir Rodrigues; o secretário de Meio Ambiente de Caraguá, Campos Júnior; o professor do curso de Petróleo e Gás do Centro Universitário Módulo, Marcello Alves e o diretor do Sindicato dos Hotéis e Restaurantes do Litornal Norte, Luiz Bischof.
Após o debate comandando pelo gerente geral da Petrobras, o evento seguiu com mais palestras e debates, relacionados a assuntos como saneamento básico e impactos do pré-sal no cenário empresarial. Fonte: Assessoria de Comunicação – PMU.
http://www.pindavale.com.br/agoravale/noticias.asp?id=13652&cod=1

Marcadores